APOIO A COLABORADOR DA LIPOR, VITOR SALGADO

6 de abril de 2010

 

A SEMENTE ofereceu um conjunto de produtos de bebé a um Colaborador da LIPOR que foi pai de duas meninas (gémeas).

Dado a dificuldade em adquirir muitos dos produtos necessários para o nascimento de um bebé, e neste caso, a dobrar, o colega e Voluntários não hesitou em pedir ajuda à SEMENTE. A SEMENTE mobilizou-se, efetuou diversos contactos com inúmeras instituições que comercializam produtos de bebé e conseguiu angariar imensos produtos para as pequeninas que nasceram em junho, tendo até superado as suas próprias expectativas.

Foi um verdadeiro sucesso o envolvimento e a solidariedade de todos os parceiros que se uniram numa causa comum.

 

Os beneficiários diretos desta doação ficaram surpreendidos pela quantidade de produtos oferecidos e os próprios Voluntários pela dimensão que esta iniciativa tomou.

 

 

O que dizem os voluntários...

 

...Vítor Salgado

 

"(...) Foi mesmo uma grande ajuda, daquelas mesmo grandes! Não estávamos à espera. Nos primeiros dias tinha de ir buscar a minha esposa ao quarto das meninas, ela não parava de querer ver tudo... Estava MARAVILHADA! A cada casaquinho, a cada fatinho só dizia - Era mesmo isto que eu queria (...) Assim que vi aquilo tudo COMECEI LOGO A SUAR, não estava a acreditar no que estava à minha frente! (...) Quando vi aquelas embalagens todas de fraldas... fiquei mesmo SEM PALAVRAS. (...) E fraldas para seis meses são mesmo uma grande ajuda! (...) Não sabia o que dizer perante aquilo tudo, por isso comecei a cumprimentar os presentes, porque não sabia o que fazer, BLOQUEEI MESMO! (...) A folha que fizeram com o nome das meninas, a minha mulher também a trouxe, vamos emoldurá-la e colocá-la no quarto das delas. (...) Se não fosse o apoio da SEMENTE nós NUNCA IRÍAMOS CONSEGUIR TER TANTA COISA... Obrigada mesmo por tudo!"

 

...Amélia Camilo

 

"Sempre me senti bem a ajudar os outros, o que me entristece é o facto de, por vezes, ajudar e depois perceber que o meu esforço não foi valorizado e que me viram as costas... Eu contribui para esta situação como contribuía para outra qualquer, mas é verdade, que quando estão crianças envolvidas fico MAIS SENSIBILIZADA. O que eu realmente gosto é de ver que estão ao meu redor estão bem, estão felizes... e se estiver ao meu alcance contribuir para o bem-estar dos outros NÃO HESITO, FAÇO O QUE POSSO! (...) TANTO SOU MUITO FORTE, COMO FICO MUITO SENSÍVEL, por isso, não gosto nada de estar presente nestas situações porque fico muito emocionada"

 

 

 

<< voltar
Formato Verde