LIVROS POR TIMOR

12 de fevereiro de 2010

 

Foram vários os Voluntários que alertaram a SEMENTE para o apelo de uma professora portuguesa que se encontra a lecionar na Universidade Nacional de Timor Leste. Esta professora pediu que se enviassem alguns livros para Timor, dada a carência de livros escritos em português, para posterior distribuição à população timorense. Este pedido surgiu do interesse e vontade deste povo em aprender a língua portuguesa.

 

A SEMENTE não ficou indiferente a este pedido e a esta causa e, por isso, enviou, via correio, 30 livros infantis que, certamente, contribuíram para uma melhor aprendizagem dos timorenses, muito em especial, as crianças.

 

 

<< voltar
Formato Verde